O sol como aliado em projetos de engenharia

Não é novidade para ninguém os benefícios do sol para a vida das pessoas. São diversas propriedades que impactam positivamente desde à estrutura óssea até mesmo o humor. Mas não é apenas na saúde dos seres humanos que o sol contribui: pode ser aproveitado como um incrível aliado na construção de um imóvel.

Sabemos a importância de realizar projetos que levem em consideração o melhor uso dos benefícios proporcionados pelo sol, por isso preparamos algumas questões sobre Iluminação natural no imóvel

Este artigo pretende apresentar dicas para auxiliar você na construção de imóveis sustentáveis, que possam aproveitar da melhor forma esse recurso natural e renovável que é o sol.

Iluminação natural no imóvel

Tomar sol faz bem para a nossa saúde, mas como passamos a maior parte do tempo em ambientes fechados não tomamos sol suficiente para produzirmos a quantia de vitamina D que necessitamos. Um ambiente com iluminação natural pode melhorar até a saúde dos moradores daquele ambiente, além, é claro, de reduzir a necessidade de lâmpadas, trazendo economia na conta de energia.

Portanto, na hora de fazer um projeto arquitetônico ou de engenharia é importante levar em consideração a incidência de luz solar, descobrindo onde bate o sol da manhã e da tarde. Deve-se ter atenção com lugares onde não há iluminação natural, devido a prédios e árvores ao redor, por exemplo.

Veja algumas ideias de disposição dos cômodos:

Cozinha: geralmente é o cômodo mais quente do imóvel e devido a isso pode ser adequado estar localizada onde não recebe uma incidência solar alta.

Quartos: um dos lugares mais recomendados para projetar os quartos são onde o sol pega pela manhã.
Área de serviço: é interessante que incida o sol nesse espaço em algum momento do dia, até para auxiliar na secagem das roupas, preferencialmente que tenha sol no período da tarde.

Para aproveitar a incidência de luz, os engenheiros e arquitetos devem ter um cuidado na hora de escolher onde serão colocadas janelas, aberturas e clarabóias:
A posição das janelas e portas podem auxiliar, além da iluminação, também na refrigeração do ambiente, utilizando a técnica da ventilação cruzada posicionando portas e janelas em paredes opostas ou adjacentes, seguindo a orientação do vento. Isso possibilita um ambiente mais arejado e com menor necessidade de utilização de ar-condicionado, outro vilão na conta de energia.

As janelas, clarabóias e portas de vidro deixam o imóvel mais aconchegante e ainda permitem aproveitar a luminosidade externa. Uma tendência são as peles de vidro, conhecidas como “fachadas envidraçadas”.

Mas atenção: O vidro ideal para essa opção é o temperado, laminado ou aqueles mais resistentes que protegem contra os raios UV.

Todas essas técnicas permitem utilizar o sol para iluminar o ambiente interno do imóvel, mas não é só para iluminação natural que o sol pode servir, ele também pode ser útil para aquecer a água de torneiras, chuveiros e da piscina. É isso que vamos ver a seguir.

Deixe uma resposta